O Ministro da Defesa demitiu-se ao final da tarde, mas horas antes de o anunciar marcou presença na tomada de posse da nova Procuradora-Geral da República, Lucília Gago, ao lado de outros ministros e de António Costa.

As câmeras captaram o último abraço público entre António Costa e Azeredo Lopes, que, no final da cerimónia, atravessaram juntos a Sala das Bicas para sair do Palácio de Belém. Nenhum dos dois prestou declarações.

Azeredo Lopes demitiu-se pouco depois das 17 horas, pedido já aceite por Costa. 

Não podia, e digo-o de forma sentida, deixar que, no que de mim dependesse, as mesmas Forças Armadas fossem desgastadas pelo ataque político ao ministro que as tutela”, justificou Azeredo Lopes, na carta enviada ao primeiro-ministro e a que a agência Lusa teve acesso.