O Presidente da República afirmou este sábado que neste momento o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) deve ser discutido na Assembleia da República e que devem ser os partidos com assento parlamentar a «ajudar a aperfeiçoar» o documento.

«Ele [o PEC] está na Assembleia da República, é aí que nesta fase deve ser discutido, as forças políticas com certeza que vão ajudar a aperfeiçoá-lo, depois vai ser enviado para as instâncias comunitárias e nós temos de esperar pelo desenvolvimento desse ciclo normal dos Programas de Estabilidade e Crescimento, no quadro daquilo que se chama o processo dos défices excessivos», afirmou Cavaco Silva.

O chefe de Estado respondia às questões dos jornalistas durante uma iniciativa no âmbito do projecto «Limpar Portugal» no Pinhal do Banzão, em Sintra.

Questionado se o PEC é «um bom instrumento» para fazer a limpeza das contas públicas, Cavaco respondeu apenas que «hoje é o Dia de Limpar Portugal» e elogiou «as pessoas que tiveram a ideia» de organizar esta iniciativa.