O secretário de Estado Adjunto e da Saúde anunciou, esta quarta-feira, que os reclusos com menos de 80 anos, dos estabelecimentos prisionais, vão começar a ser vacinados contra a covid-19 a partir do dia 31 de maio. 

Na Comissão de Saúde, que se realiza na Assembleia da República, Diogo Serras Lopes explicou que todos os guardas prisionais e os detidos com mais de 80 anos, ou outras patologias abrangidas no plano de vacinação, já foram vacinados. 

Logo no início foram vacinados efetivamente os guardas prisionais e os detidos que tinham ou mais de 80 anos ou comorbilidades que faziam parte da vacinação. (...) Estão indentificadas as listas das pessoas detidas em prisões e serão vacinadas na semana de 31 de maio, é isso que temos como objetivo e como indicação". 

Um esclarecimento que surge depois da questão ter sido levantada pela deputada do PAN Bebiana Cunha.

Cláudia Évora