Diogo Feio defende que o Governo deve ter um novo discurso e reclamar a revisão dos compromissos com a troika. O eurodeputado do CDS considera mesmo que a carga fiscal é insustentável.

«Eu acho que esta carga fiscal que se vive em Portugal é verdadeiramente insustentável e que os impostos devem baixar. Mas é necessário também que as despesas do Estado baixem. E é necessário que o Estado português nos fóruns europeus, em vez de vir com pactos e agendinhas para o crescimento, diga uma coisa muito simples: nós para o ano temos determinados objetivos para o défice e é preciso dizer à troika que esses objetivos têm de ser revistos», afirmou Diogo Feio, nesta quarta-feira, na TVI24.

O centrista participou num debate sobre os cortes na despesa do Estado, com deputados de todos os partidos, casos de José Matos Correia (PSD), Edite Estrela (PS), João Ferreira (PCP) e Marisa Matias (BE).
Redação