Sobre as moções de censura ao Governo, apresentadas pelo PCP e Bloco de Esquerda, António José Seguro avança que não reuniu com Francisco Louçã e ainda não decidiu qual será o sentido de voto do PS.

O secretário-geral do PS esclareceu que o seu partido não se reuniu com o Bloco de Esquerda ou com o PCP, forças polícias que esta segunda-feira anunciaram a apresentação de duas moções de censura ao Governo. «Comigo não reuniu», garantiu Seguro.

«O Partido Socialista é um partido com uma identidade própria, com uma estratégia própria, com uma leitura muito própria da realidade ¿ e decidirá aquilo que será a sua própria estratégia», declarou o líder socialista.

Ficar de fora da união de forças de esquerda que agora apresentam duas moções de censura terá sido propositado. «PS demitiu-se de ser força de oposição» ao Governo, admitiu Jerónimo de Sousa
Redação