O líder parlamentar do PS voltou a explicar os 210 mil euros gastos em carros, desta feita através do Facebook.

Carlos Zorrinho não referiu os Clios de Francisco Assis, mas garantiu que optou por um Audi 5 por ser mais em conta.

O socialista lembrou ainda que, apesar de ser dinheiro dos contribuintes, a democracia tem custos.

Comentário de Zorrinho no Facebook:

«Os meus amigos no FB merecem um esclarecimento. O Grupo Parlamentar do PS tinha 2 BMW série 5 e dois Audi 4 em sistema de renting. O Contrato acabou. Decidimos a solução mais económica. Passar para aluguer de longa duração e alugar um Audi A5 e 3 VW Passat.

Só quem não sabe o que é a atividade da AR é que pode imaginar que um GP pode não ter carros para os deputados que são solicitados para participar diariamente em atividades da sociedade civil em todo o País. Pagamos mensalmente 3700 euros de renda. É dinheiro dos contribuintes? Claro que é. Mas quem quer uma democracia sem custos, o que verdadeiramente deseja é uma não democracia. Sem democracia os custos são ainda mais elevados mas ninguém sabe.

Eu sou democrata e quero que tudo se saiba. Até que deixei de poder usar em serviço um BMW 5 para usar um Audi 5 porque era significativamente mais barato.»
Redação / CM