“Infelizmente, como é hoje conhecido, o caminho não tem sido tão positivo como aquele que foi anunciado”, havendo “vários exemplos disso mesmo”, disse o governante aos jornalistas, em Fátima, concelho de Ourém e distrito de Santarém.


“Sem qualquer dúvida, reconhecemos a importância para o país de podermos sair do procedimento de défice excessivo, para podermos termos mais liberdade de atuação no campo da na nossa política orçamental”, sublinhou.