O presidente angolano, João Lourenço, anunciou hoje, em Lisboa, que a visita a Luanda do homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, acontecerá no início do próximo ano.

João Lourenço falava na conferência de imprensa que encerrou a visita de Estado a Portugal, tendo acrescentado que na deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa deverá ser assinado um acordo de cooperação com o Governo português para apoio do setor da saúde.

Durante a visita de Estado de três dias a Portugal - a convite de Marcelo Rebelo de Sousa - foram assinados outros 13 acordos, um dos quais no setor da Educação, prevendo o envio para Angola de professores portugueses.

Esta visita de Estado de três dias, que termina hoje, é também a primeira do género de um presidente angolano a Portugal desde 2009.

Durante a visita, João Lourenço disse antever "um futuro promissor" nas relações entre Portugal e Angola, e prometeu um "clima desanuviado" nas relações entre Luanda com Lisboa.

A visita de Estado termina hoje e o Presidente regressa a Luanda no domingo.