O avião utilizado, do modelo 777-200LR, vai, segundo a Rádio BBC, descolar de Hong Kong e seguir para leste, atravessando o norte da América até à Europa em vez de utilizar a rota normal da Ásia sobrevoando a Rússia.

A viagem comercial está prevista para se prolongar por 23 horas e 30 minut os, o maior voo comercial de sempre sem reabastecimentos.

Apesar de estar prevista uma conferência de imprensa para Hong Kong, não f oi ainda divulgada a companhia operadora do voo, os objectivos do teste - voar a través da Rússia faz com que a viagem para a Europa dure cerca de 12/13 horas - nem a horas de descolagem de Hong Kong.
Redação / Lusa/AM