A Delta Airlines anunciou esta quarta-feira que, no segundo trimestre deste ano, registou perdas no valor de 257 milhões de dólares ( 181 milhões de euros) ou 31 cêntimos por acção (22 cêntimos), contra os 29 cêntimos (20 cêntimos) esperados, e não prevê uma recuperação durante este ano.

A Delta tornou-se na maior companhia aérea do mundo depois da sua fusão com a Northwest em Outubro de 2008. Sem esta aquisição a companhia teria perdido 199 milhões de dólares (140 milhões de euros).

Recorde-se, porém, que todo o sector aéreo tem sentido os efeitos da crise e já no primeiro trimestre de 2009, tanto a Delta Airlines, como a American Airlines, Continental e United Airlines tiveram um acentuado recuo nos seus resultados.