A receita global da TAP cresceu 10 por cento nos primeiros nove meses do ano, face a 2009, muito impulsionada pelo mercado brasileiro, que pode vir a ter as ligações reforçadas, disse o vice-presidente da companhia aérea Luiz Gama Mór.

«Está a ser um ano muito bom ao nível da receita», afirmou o responsável este Domingo aos jornalistas, citado pela Lusa, à margem do XXXVI Congresso nacional da APAVT, que decorre no Centro de Congressos do Funchal, na Madeira.

O crescimento da receita alcançado nos primeiros nove meses do ano fica em muito a dever-se às rotas de ligação com o Brasil, onde os proveitos do tráfego cresceram, até Setembro, «30 por cento», acrescentou o vice-presidente da transportadora.
Redação / LF