O Chief Executive Officer (CEO) da Renault, Carlos Ghosn, disse esta quarta-feira, que o futuro dos carros eléctricos depende de uma recuperação dos preços do petróleo que, assim, podem impulsionar as vendas deste tipo de veículos.

«Se os preços forem inferiores a 70 dólares, vamos ter um problema», disse Ghosn em entrevista à Bloomberg durante a Exposição Automóvel de Frankfurt. Por outro lado, se «estiver a 200 dólares a equação económica é muito simples e se for acima de 200 dólares, ainda mais fácil», acrescentou.

«As perspectivas para os investidores em carros eléctricos é extremamente perigosa, mas se os preços do petróleo subirem novamente poderão existir oportunidades significativas», referiu um analista à agência norte-americana.
Redação / LF