O Renault anunciou esta quinta-feira perdas de 2.712 milhões de euros no primeiro semestre. O valor contrasta com os lucros de 1.581 milhões registados no período homólogo.

O fabricante francês refere, no entanto, que o segundo trimestre já representou uma melhoria em relação aos primeiros três meses. Sobre os prejuízos, a Renault justifica-a com «a queda brutal do conjunto dos mercados».

A margem operacional no período caiu para os 620 milhões de euros negativos, valor que contrasta com os 865 milhões positivos do período homólogo.