Os bancos estão a baixar o valor que atribuem às casas nos novos contratos, diz o «Jornal de Negócios».

Desde o início da crise, no Verão de 2007, as avaliações dos bancos caíram 8 por cento em termos médios. Em alguns distritos e concelhos há descidas de 20%. A redução das avaliações é mais um entrave no acesso ao crédito, já que limita os financiamentos, obriga a dar um montante mais elevado de entrada e dificulta o acesso aos spreads mais baixos, diz o mesmo jornal.

Na Grande Lisboa, as zonas mais afectadas são Mafra, Cascais ou Sesimbra, ao passo que no Grande Porto, é Espinho, Matosinhos e Valongo que se destacam.

Comprar ou arrendar: o que compensa? (vídeo)

Aquisição de imóvel: um plano a longo prazo

Outros destaques

-Portugal é o país que mais poupa com reforma e pensões;

-Caixa e BCP tentam consenso entre accionistas da Cimpor;
Redação / RPV