«Temos conhecimento de que alguns clientes do BES e de outros bancos têm sido alvo, nos últimos dias, de tentativas de apropriação ilícita dos seus dados de acesso ao Internet banking», pode ler-se no aviso do BES aos clientes, onde explica ainda o procedimento dos alegados burlões.

«Concretamente, alguns clientes estão a ser convidados a aceder a uma página, identificada com o logo BESnet (o site bancário do BES para consultas e transacções), onde lhes são solicitados todos os dados de acesso: Nº de Adesão, PIN e todas as 192 posições da Matriz de confirmação de operações», que perfazem os códigos de acesso ao homebanking do BES.

O facto é que, tal como está a acontecer a clientes de outros bancos, «a página em causa não pertence ao site BES e tem por objectivo a apropriação de dados para a realização de transacções fraudulentas», explica ainda.

Por último, o BES relembra que «nunca, em situação alguma», o banco enviará e-mails aos seus clientes com links para o seu site, nem pedirá, «mais do que 3 dígitos da sua matriz dos canais directos (telefone e Internet), na fase de confirmação de uma operação».
Redação / MF