A venda da operação do Millennium bcp na Turquia está numa fase adiantada, ou seja, os interessados estão a avaliar o negócio, revelou esta terça-feira à agência Lusa o presidente do banco, adiantando que só perante propostas poderá haver decisão final.

«Estamos agora na fase de due deligence», disse Carlos Santos Ferreira, explicando as razões pelas quais o banco decidiu estudar a venda deste activo.

«É uma boa operação, embora pequena, mas, para não perder valor, seriámos obrigados a fazer investimentos». Coisa que, segundo o presidente do Millennium bcp, que «não parece prudente neste momento fazer».

O banco tinha anunciado, em Janeiro, em comunicado enviado à CMVM, que o BCP tinha iniciado, «um processo de aferição de diferentes opções, incluindo a de eventual alienação da participação, relativamente ao Millennium Bank AS, na Turquia».

Isto, depois de logo em Maio de 2008, depois de ter assumido a presidência, Santos Ferreira ter dito que era «altura de começar a pensar uma revisão da estratégia internacional».

O BCP refere-se sempre às suas operações na Polónia e na Grécia, além de Portugal, como mercados prioritários, mas as suas operações internacionais incluem, além destas a Turquia (Millennium Bank), a Roménia (Millennium bank) e ainda em mercados lusófonos Moçambique (Millennium bim) e Angola (Banco Millennium Angola), onde está a fortalecer a sua oposta.

As acções do BCP fecharam a recuar 0,16% para 62,5 cêntimos.
Redação / RPV