Os preços do petróleo voltam a recuar, quase em vésperas de realização da nova reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), agenda para o próximo dia 15 de Março.

A organização, responsável por cerca de 40% da produção mundial, poderá cortar pela quarta vez os actuais níveis de produção. Desde Setembro, a OPEP diminui a produção diária em 4,2 milhões de barris.

O crude perde 0,27 dólares para os 46,76 dólares por barril e o brent recua 0,55 dólares para os 45,65 dólares por barril.