Cerca de 83 mil pessoas perderam o emprego no Canadá durante o mês de Fevereiro, elevando a taxa de desemprego meio ponto percentual para os 7,7 por cento, o mais elevado registo nos últimos cinco anos.

Os números divulgados são piores que os esperados pelos economistas, que previam um corte de 40 mil postos de trabalho, com a taxa de desemprego a situar-se agora em quase mais dois pontos percentuais do registado no mesmo período de 2008, avança a Lusa.

O relatório de Fevereiro surge após a economia canadiana ter atingido um número recorde de postos de trabalho em apenas um mês, registado em Janeiro, com 129 mil pessoas a perderem os seus trabalhos.

A crise financeira e a venda global das matérias-primas atingiu em força a economia canadiana, com 295 mil pessoas a perderem os seus empregos nos últimos quatro meses.
Redação / SPP