As vendas mundiais de computadores, esperadas em baixa este ano, deverão afinal crescer 2,8 por cento, antes de subirem 12% em 2010, anunciou esta segunda-feira a consultora Gartner, escreve a Lusa.

Em Setembro, a consultora já havia revisto em alta as suas previsões, estimando uma baixa de 2% para o presente ano, isto após ter previsto no Verão um decréscimo de 6%. Em 2008, as vendas haviam subido 10,9%.

Para o conjunto do ano, o mercado, em termos de volume, deverá crescer 2,8%, atingindo 289,9 milhões de unidades, suportadas pela vendas de computadores portáteis com um crescimento previsto de 15,4%, nomeadamente de mini-PCs.
Redação / LF