A Federação de Consumidores em Acção espanhola (Facua) denunciou entre Janeiro e Agosto um total de 13 campanhas publicitárias de operadoras móveis por as considerar enganosas. Do total, cinco correspondem à Vodafone, três à espanhola Movistar e duas à Yoigo.

A associação aponta que as operadoras se aproveitam não só da falta de controlo por parte das autoridades de consumo autónomas, ou da sua enorme lentidão na tramitação das denúncias que recebem, já que as sanções se produzem meses ou até mesmo anos depois das campanhas terem acabado.

Desta forma, a Facua lamenta a «ridícula» quantia de multas para campanhas que, na maioria dos casos, tiveram investimentos milionários.

Até à data, segundo a mesma fonte, a Vodafone em Espanha foi a empresa alvo de maior número de denúncias por publicidade enganosa este ano. Em Janeiro, a operadora respondia às autoridades pela sua campanha de Natal, com o reclame «conta tudo, a todos, e paga metade». A verdade é que as chamadas não custavam metade já que se cobrava na íntegra a tarifa de estabelecimento da ligação. Para além disso, os descontos só se aplicavam nas chamadas realizadas depois do consumo mínimo mensal imposto em cada plano de preços.
Redação / MD