Esta previsão surge depois da notícia publicada esta manhã no «Público» de que a construtora reclamou junto do Estado o pagamento de 12,6 milhões de euros, pela rescisão da empreitada da construção das novas instalações da Polícia Judiciária em Caxias.

O projecto, decidido pela ministra Celeste Cardona que remonta a 2003, foi agora abandonado pelo actual ministro da Justiça, Alberto Costa, preferindo ampliar as actuais instalações da Polícia Judiciária em Lisboa, com o argumento de que tal opção pouparia dinheiro ao erário público.

Na nota diária sobre os mercados ibéricos, o BPI diz que essa indemnização «pode ter um impacto positivo no preço das acções da Teixeira Duarte, representando mais de 1 por cento do valor de mercado da empresa em bolsa».

As acções da Teixeira Duarte prosseguem no verde, na sessão da Bolsa desta sexta-feira, a valorizarem 5,84% para os 2,72 euros.