O Banco Comercial Português (BCP) quer terminar o exercício de 2008 com um lucro líquido consolidado de mil milhões de euros, apurou o «Diário Económico».

Paulo Teixeira Pinto quer alcançar aquele número, tendo em conta a poupança de custos esperada, a revisão dos objectivos para a banca de retalho e ainda o aumento do peso da actividade internacional no balanço do banco.

A concretizar-se o resultado histórico de mil milhões de euros, o crescimento do lucro atingirá os 33% face ao valor, também histórico, alcançado em 2005 ao somar 753,5 milhões de euros.

Durante a conferência de imprensa para apresentação dos resultados do exercício passado, o presidente da instituição reviu em alta os objectivos que tinham sido definidos anteriormente. No mesmo encontro, Teixeira Pinto disse que o lucro por acção do BCP deveria crescer a uma taxa anual superior a 20% até 2008.
Redação / PGM