Esta passagem de carteira «pode estar relacionada com alguma operação de final de ano», referiu um operador à Agência Financeira. «Como não temos acesso à informação sobre quem efectua as operações, há que esperar pela informação para saber quem procedeu a esta passagem», acrescentou o mesmo.

Além desta passagem, o BCP está a ser alvo de outras de diversos milhares de papéis. As acções do BCP somam 0,55% para os 1,84 euros.
Sandra Pedro