O Instituto de Meteorologia (IM) avisou que as temperaturas vão hoje descer de forma acentuada nos distritos de Braga, Vila Real, Guarda e Castelo Branco, onde os termómetros poderão chegar aos seis graus negativos.

De acordo com a DGS, a exposição ao frio «pode ter consequências graves para a saúde», sendo o enregelamento e a hipotermia os problemas de saúde directamente associados ao frio mais comuns.

Este organismo do Ministério da Saúde avisa ainda que o frio é responsável pelo agravamento de doenças, particularmente cardíacas e respiratórias.

Os grupos mais vulneráveis ao frio são os bebés e pessoas idosas porque «não têm grande percepção das alterações de temperatura».

A DGS alerta para o facto de estarem particularmente em risco as pessoas que têm doenças crónicas - em especial cardíacas, vasculares, respiratórias, reumáticas, diabetes e doenças da tiróide.

As pessoas com perturbações da memória, problemas de saúde mental, alcoolismo, ou demência, as que tomam certos medicamentos (como psicotrópicos ou anti-inflamatórios) e têm redução da mobilidade são igualmente mais susceptíveis às baixas temperaturas.

O alerta é também dirigido aos indivíduos com dificuldades na realização das actividades da vida diária, os que vivem mais isolados e os que se encontram em situação de exclusão social.
Redação / LUSA/MD