A transportadora atribui a queda ao encarecimento dos preços dos combustíveis, ao impacto que teve a greve dos seus empregados em Agosto e aos ganhos extraordinários obtidos no exercício anterior com a venda da sua participação na Qantas Airways.

O grupo aumentou a facturação trimestral em 8,2% para os 3.260 milhões de euros, graças ao crescimento de 3,7% verificado no tráfico de passageiros e à revisão em alta das tarifas para compensar o encarecimento do preço do crude.
Bruno Pocinho