Segundo os dados da própria Comissão Europeia, este é o segundo país a ultrapassar Portugal em termos de PIB per capita. O primeiro foi a Eslovénia.

A República Checa obteve um PIB per capita de 73% da media da União Europeia, acima dos 71% registados pelo nosso País.

Em termos de poder de compra, e levando em linha de conta que a República Checa tem uma taxa de inflação mais baixa, são os checos que estão à frente. Os portugueses têm mais dinheiro «no bolso», em termos absolutos, mas ele permite comprar menos coisas no nosso país.

A Eslovénia, que tinha ultrapassado Portugal já em 2003, teve um PIB per capita estimado em 81% da média europeia no ano passado.

Os países mais pobres são os bálticos, Polónia e Eslováquia, com 50 e 54% da média europeia, enquanto que os mais ricos, com mais de 110% da média, são a Irlanda, o Reino Unido e três países nórdicos: Áustria, Holanda e Luxemburgo.

Os dois novos Estados-membros que já ultrapassaram Portugal estão agora também «nos calcanhares» da Grécia, cujo PIB per capita corresponde a 83% da media comunitária. A Eslovénia deverá alcançar a Grécia em 2007 e a República Checa a ganhar terreno nos próximos dois anos.
Paula Martins