Uma escultura de chocolate branco de Marilyn Monroe em tamanho real, cenas de filmes de +cowboys+, da Guerra das Estrelas, do Senhor dos Anéis, do ET ou de Vasco Santana serão algumas das atracções da quarta edição do Festival Internacional do Chocolate de Óbidos, que decorre até ao próximo domingo.

A organização, a cargo da autarquia, prevê ter em exposição cerca de 100 peças, algumas provenientes do concurso de peças montadas em chocolate e outras feitas por alunos do curso de formação de peças artísticas em chocolate.

Além da exposição das esculturas no auditório de São Tiago e na Galeria da Casa do Pelourinho, um dos locais mais apreciados pelos visitantes, o festival apresenta pela primeira vez uma passagem de modelos, dia 11 às 21:30 na Cerca do Castelo.

«O desfile representa a associação do mundo da moda ao mundo do chocolate», disse o presidente da Câmara, Telmo Faria.

Um salame gigante com 100 metros de comprimento, que vai ser distribuído pelos visitantes dia 12 (a partir das 17:00), junto ao parque de estacionamento da porta da vila é outra das novidades da edição deste ano.

A organização volta a apostar na Casa de Chocolate das Crianças (dos três aos dez anos) onde os mais novos podem, pela quantia de dois euros cada uma, «pôr as mãos» no chocolate.

Outro desafio da organização é tentar equilibrar a «avalanche» de pessoas que se deslocam à vila medieval.

Os visitantes que acorreram a esta iniciativa em edições anteriores chegaram a tornar intransitáveis as estreitas ruas da vila.

Este ano a organização a decidir concentrar toda a área comercial de venda de chocolate na Cerca do Castelo, libertando as ruas para os espaços expositivos.

«A partir do momento em que não pudermos receber mais pessoas, não as receberemos», disse o autarca referindo-se à possibilidade de suspender temporariamente as entradas se as ruas se tornem intransitáveis.

De terça a quinta os bilhetes, que dão direito a receber um chocolate, são de 2,5 euros e de sexta a domingo 4 euros.
Redação / Lusa/AM