O défice orçamental do subsector Estado totalizou 6,96 mil milhões de euros entre Janeiro e Novembro, o que representa um agravamento de 1,9% em relação ao período homólogo.

Este valor resulta da conjugação de uma diminuição de quatro por cento do défice corrente, para 4,26 mil milhões de euros, com um aumento de 12,8% do défice de capital, para 2,69 mil milhões de euros.

Na origem da redução do défice corrente está o crescimento da receita corrente (5,6%), ritmo que ultrapassou o da despesa corrente (4,2%).

Já a receita de capital baixou 61,1%, enquanto a despesa de capital recuou 1,2%.
Redação / TSF/AM