O ministro de Estado e da Presidência, Nuno Morais Sarmento, foi o único a aparecer na conferência de imprensa, que se seguiu ao Conselho de Ministros e onde era esperado que o Primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, juntamente com o ministro das Finanças e administraçao pública, Bagão Félix, anunciasse quais as medidas que o Executivo pretende tomar para conseguir atingir a meta do défice.

Morais Sarmento disse que lamentava frustar a espera dos jornalistas e disse que o Conselho de Ministros, na reunião de hoje, tratou apenas de matérias relativas aos incêndios e abertura do ano lectivo seguinte.

O responsável disse ainda que as medidas esperadas serão anunciadas por Bagão Félix às 17:00 horas do ministério que tutela.

Recorde-se que a necessidade de medidas extra para combater o défice surgem na sequência do chumbo de Bruxelas à operação de aluguer de património proposta por Bagão Félix.
Alda Martins