«O concurso público para atribuição de um total de cerca de 1.100 megawatts de nova potência para a produção de electricidade em centrais eólicas», será lançado a 17 de Fevereiro.

Os interessados podem solicitar as condições do concurso à Direcção Geral de Geologia e Energia. O prazo de entrega das candidaturas termina às 15:00 do dia 18 de Maio de 2005.

Neste concurso, «todo o procedimento e critérios de avaliação das candidaturas foram revistos de forma a dar maior ênfase ao impacto dos projectos ao nível do desenvolvimento de indústrias associadas, da criação de emprego e do desenvolvimento do conhecimento tecnológico. Destaca-se também, como critério de avaliação, a consideração de um desconto sobre a tarifa aplicável a este tipo de energia, de forma a reduzir o seu custo para o sistema, com reflexos no preço final pago pelos consumidores», refere o comunicado do ministério.

A atribuição de nova potência para produção de energia eólica constitui a aplicação prática de uma das medidas prioritárias previstas no Plano para a Redução da Dependência de Portugal face ao Petróleo. Representa, também, um passo importante para a concretização do objectivo a que Portugal se comprometeu no âmbito do Protocolo de Quioto para que, em 2010, 39% do consumo energético tenha origem em fontes de energia renovável.
Redação / AM