Uma disparidade justificada, em parte, pela diferença de qualidade dos produtos, mas que levanta dúvidas sobre a existência de dumping chinês, noticia o Diário de Notícias.

A Comissão Europeia criou um sistema de vigilância para as importações de calçado. A medida surge na sequência da liberalização mundial do comércio e visa, especificamente, monitorizar a entrada de produtos provenientes da China.
Redação / DN/AM