O Diário de Notícias destaca na primeira página «Retoma europeia à prova com subida das taxas de juro» e realça que 2,25 por cento passa a ser a taxa directora do Banco Central Europeu (BCE).

O DN escreve que o BCE anunciou quinta-feira a esperada subida de 0,25 pontos na sua taxa de juro, a primeira em cinco anos.

O matutino destaca também na capa «Absolvições em caso de pedofilia abalam justiça francesa», referindo que um tribunal superior absolveu quinta-feira mais seis pessoas (sete já o haviam sido) condenadas num processo de pedofilia.

«Mário Soares subscreve legalização da prostituição», «Tony Blair admite reduzir `cheque britânico'» e «Hospital de Santa Maria vai abolir os papéis na maior urgência do país» são outros títulos do DN.

O Público destaca em manchete que «só seis dos 144 juízos cíveis de Portugal são considerados eficientes», de acordo com um estudo sobre justiça que revela falta de eficácia e lentidão.

O jornal escreve que os processos de recuperação de empresas e falências demoram quase quatro anos a ser decididos e que as pendências já ultrapassam o milhão.

O matutino destaca também uma fotografia de Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu e titula que «BCE sobe taxas de juro pela primeira vez em cinco anos».

«Pedofilia: Últimos arguidos de megaprocesso em França foram inocentados», «Castelo Branco: Valter Lemos não respeitou compromisso escrito», «Dirceu, `branco direito' de Lula, expulso do Congresso» e «IPPAR vai restaurar Arco da Rua Augusta em Lisboa», são outros destaque do Público.

O Jornal de Notícias titula «Taxa de juro deixa famílias em dificuldades» e escreve que o BCE justifica subida pontual para 2,25 por cento com combate à inflação.

O jornal destaca também «Liedson de fora», numa alusão ao jogo de hoje entre o FC Porto e o Sporting, «Turistas fintam o mau tempo e arriscam na Serra da Estrela», «Líder do PP espanhol escapa ileso a queda de helicóptero» e «Casos de Sida aumentam na população com mais de 65 anos».

«Falhas de gravação anulam julgamentos» é a manchete do Correio da Manhã que realça que o caso de morte de criança no Seixal não é o único a ser repetido por causa de registos deficientes.

«Colisão frontal mata três pessoas» em Ansião, «Aumento de juros agrava custo de vida», «Sismo assusta distritos de Leiria e Coimbra» e «Força Aérea não consegue segurar pilotos» são outros títulos em destaque no CM.

O Diário Económico faz manchete com «Juros sobem para 2,25 por cento» e destaca as consequências para o Estado, famílias e empresas.

O Semanário Económico titula «Finanças congelam despesa do Estado até ao final do ano» e «Amorim e Sonagol oferecem 677 milhões por 14,3 por cento da Galp».

O 24horas destaca na capa «Ela foi espancada por 15 homens na tropa» e escreve que uma ex-militar dá a cara e revela o que sofreu na Força Aérea.

Os jornais desportivos destacam o clássico FC Porto-Sporting e a ausência do jogador leonino Liedson no encontro a disputar hoje à noite no Estádio do Dragão.