O levantamento mínimo nas caixas de multibanco passa a ser de 10 euros a partir de hoje, enquanto o máximo sobe para 400 euros, o que corresponde ao dobro dos montantes anteriormente permitidos.

Os utilizadores podiam realizar até hoje levantamentos diários no montante mínimo cinco euros, valor que sobe para 10 euros segundo as novas regras introduzidas pela Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS), entidade que gere a rede de terminais multibanco em Portugal.

O limite superior para um levantamento mantém-se em 200 euros.

«Decidimos fixar este valor em 200 euros com o propósito de manter os níveis de segurança para o utilizador e também por motivos técnicos e mecânicos das máquinas para que a operação se efectue com sucesso», disse à agência Lusa fonte oficial da SIBS.

Para levantar o montante máximo permitido (400 euros), o utilizador terá no mínimo de efectuar duas operações.

Caso o utilizador do terminal multibanco tente levantar cinco euros, no ecrã da máquina aparecer-lhe-á a indicação de que só pode realizar o levantamento no mínimo de 10 euros, referiu a mesma fonte.

Em Portugal, a rede de caixas multibanco atinge actualmente as 10.100 máquinas.

Os terminais multibanco cresceram 5,9% no ano passado, face a 2003, para 10.085 unidades.

O número de operações processadas foi de 683,8 milhões, o que representou um acréscimo de 8,2% em relação a 2003 e uma média diária de 380 operações.

Os cartões bancários válidos no sistema multibanco atingiram os 16,19 milhões em 2004, mais 10,2% que no ano anterior, os quais realizaram uma média de 83 operações por cartão.