No âmbito do processo de integração da WhatEverNet na ParaRede, esta última aprovou em assembleia-geral a designação de Luís Pereira Rosa como Revisor Oficial de Contas Independente para efectuar o relatório de avaliação das entradas em espécie na operação de aumento de capital em curso.

A operação, recorde-se, ocorrerá através do aumento de capital da ParaRede com a entrada em espécie da totalidade das acções que as sociedades WhatEver, Cofina.Com, e Banco BPI detêm na WhatEverNet Computing.

Na assembleia-geral, decorrida no dia 4 deste mês, a ParaRede decidiu ainda aumentar o número de membros do Conselho de Administração de cinco para sete e eleger Carlos Alves e Jorge de Brito Pereira como novos membros do Conselho de Administração para o triénio em curso, 2004-2006.

Para nova reunião, agendada para 21 de Fevereiro ficaram as decisões de aumentar o capital social da Sociedade de 30 milhões de euros para até 36.371.469,40 euros, na modalidade de entradas em espécie, a realizar com a transmissão para a sociedade da totalidade das acções que a WhatEver, Cofina.Com, e Banco BPI detêm na WhatEverNet Computing, determinando a emissão de um número de novas acções da sociedade até ao máximo de 63.714.694 acções, com o valor nominal de 0,10 euros cada uma e um prémio de emissão de 0,27 euros por acção, que serão subscritas pelas entidades mencionadas.