O consumo de combustíveis em Portugal mantém a tendência de queda. De acordo com os últimos dados da Direcção-geral de Energia e Geologia (DGEG), em 2008, as vendas de combustíveis registaram uma descida de 2,6% no nosso País, o que equivale a menos 176 mil toneladas.

As gasolinas registaram a maior queda a nível de vendas: 6,4%. O decréscimo continuou a ser especialmente significativo na gasolina aditivada (-86%), que «praticamente deixou de ser consumida». A gasolina sem chumbo de 98 octanas recuou 25,1%, enquanto que a de 95 octanas vendeu menos 3,2%. De resto, segundo os dados provisórios da DGEG, esta gasolina representa já 88% do mercado total de gasolinas.

No que diz respeito ao gasóleo, as vendas baixaram 1,4% em 2008.

Contas feitas, o gás auto foi o único combustível rodoviário a aumentar vendas no ano passado, 16,1%.
Redação / PGM