A factura que Portugal paga pela energia que importa vai aumentar mais de mil milhões de euros em 2006, dramatizando assim o elevado grau de dependência da economia face ao petróleo e ao gás natural e as consequências negativas esperadas sobre a actividade económica. Isto significa que, em apenas três anos (de 2004 até final de 2006), Portugal vê agravada a sua conta energética em mais de três mil milhões de euros devido à elevada dependência face ao exterior.
Redação / MD