Mas, mais do que na subida das taxas, os investidores e analistas focaram-se no discurso proferido, depois da reunião, pelo presidente da Fed, Alan Greenspan, onde o responsável adiantou que o fim da escalada dos juros na maior economia do mundo «está à vista».

Desde que o Fed começou a aumentar taxas de juro em finais de Junho de 2004, que manteve o mesmo discurso, de que a subida das taxas será feita de modo gradual, pelo que a declaração de hoje foi recebida com agrado pelo mercado.