O Barclays está a ponderar vender activos no valor de 4 mil milhões de libras (4.280 milhões de euros) como parte de um processo para tranquilizar os accionistas sobre os seus investimentos.

Segundo publica esta segunda-feira o «Financial Times», esta nova acção do banco britânico é semelhante à realizada o ano passado com uma carteira de activos no valor de 12.300 milhões de libras (13.161 milhões de euros).

Recorde-se que, naquela operação, um grupo de 45 trabalhadores do Barclays, com Stephen King, chefe da divisão de comércio de hipotecas, deixaram a instituição e montaram a sua própria empresa, chamada C12, que adquiriu os activos em questão.