Menos 5 milhões: freguesias dizem-se ignoradas por Governo