O lucro operacional da Nissan desceu 85,5 por cento de Abril a Junho, passando de 80 mil milhões de ienes (597,7 milhões de euros) para 11.600 milhões (86,67 millones de euros), anunciou esta quarta-feira a fabricante de automóveis japonesa.

De acordo com o «Cinco Días», a marca nipónica registou prejuízos de 16.500 milhões de ienes (123,28 milhões de euros) no segundo trimestre deste ano relativamente ao período homólogo de 2008, em que tinha obtido um lucro de 52.800 milhões de ienes (394,49 milhões de euros).

O fabricante japonês sofreu ainda uma redução de 35,5% nos lucros por venda, até aos 1,515 biliões de ienes (11.379 milhões de euros) no segundo trimestre de 2009 e vendeu 723.000 automóveis em todo o mundo, menos 22,8% que em igual período de 2008.

A Nissan atribui os resultados negativos à actual crise económica que o mundo atravessa e sublinha que «2009 vai continuar a ser um ano difícil, mas começamos a ver resultados positivos derivados do nosso Plano de Recuperação», explicou o presidente da fabricante, Carlos Ghosn.
Redação / IC