O Presidente da República considerou, esta sexta-feira, que por vezes é mais rentável investir na cultura do que noutros investimentos. Cavaco Silva disse ainda que a crise actual requer visão de futuro, escreve a TSF.

«Hoje, é reconhecido que os investimentos culturais têm uma rentabilidade significativa, uma rentabilidade às vezes maior que certos investimentos físicos», observou o Chefe de Estado, no seu discurso que assinalou a inauguração das obras de requalificação do Castelo de Silves.

O Presidente da República defendeu ainda que é preciso uma «visão para o futuro», sobretudo «nestes tempos que não estão fáceis».