A lista dos mais ricos de Portugal, divulgada pela revista «Exame», dá conta de que a fortuna de Ricardo Salgado e da família desceu 12 posições. O dono do BES caiu do 53.º para o 65.º lugar, tendo um património avaliado em 174 milhões de euros, menos 11,3% do que no ano anterior.

Entre as outras curiosidades deste «ranking», liderado por Américo Amorim (com uma riqueza estimada em 3.106 milhões de euros), não surpreende que a família mais rica de Portugal seja a Amorim, constituída pelos irmãos Américo, António e Joaquim, com uma fortuna de 3.421 milhões de euros, seguida pela família Champalimaud com 1.645 milhões de euros.

Por outro lado, o milionário mais novo é o dono do grupo RAR, João Nuno Macedo da Silva, com uma fortuna de 433 milhões de euros aos 43 anos.

Já Luís Filipe Vieira subiu do 75.º para o 74.º lugar, com a sua riqueza a valorizar 8,5% para 162 milhões de euros, grande parte devido à actividade do Grupo Inland na área imobiliária.

A família Teixeira Duarte desceu do 9.º lugar para o 28.º, com a fortuna a cair de 702,2 milhões para 305 milhões de euros.
Rui Pedro Vieira