De acordo com os dados da Marktest, confirmou-se assim, pelo décimo quinto mês consecutivo, a liderança da estação privada no mercado português.

De salientar ainda que, comparando com o período homólogo, verifica-se uma progressão positiva da TVI de 0,9 pontos percentuais.

No share global do dia, a RTP1, em Outubro, ficou em segundo lugar com 30,8% e a SIC obteve 29,3%.

No prime-time a TVI também se mantém como a preferida entre os espectadores portugueses, ao atingir um share de 37,4%, com a segunda posição ocupada pela RTP1 (28,6%) seguida da SIC (28,1%).

Durante o mês de Outubro a cobertura diária da TVI foi de 6,3 milhões de espectadores, sendo que em prime-time o canal atingiu uma cobertura de total de 4,8 milhões de portugueses com as suas emissões diárias.

«A programação da TVI neste mês caracterizou-se por alguma estabilidade de oferta, na qual continuam a predominar de forma preponderante os produtos de ficção», diz a estação em comunicado.

Jogos «Bwinliga» garantem share médio de 46,5%

Ainda nos produtos dirigidos aos segmentos mais jovens da população continua em emissão pelo quinto ano consecutivo a série «Morangos com Açúcar». «Esta série continua a ocupar o topo da referência dos mais novos com uma quota diária que varia entre os 67,4% e os 70,1% para os alvos 4/14 e 15/24 anos, respectivamente», adiantam.

Na ficção emitida no período nocturno continuam a assegurar a liderança diária nos horários respectivos as novelas «Ilha do Amores» (45,3% de share diário) e «Deixa-me Amar» (43,8% de share diário também em Outubro).

A transmissão regular dos principais jogos da «Bwinliga», que obtiveram neste mês um share médio de 46,5% sustentados em 1,2 milhões de espectadores por transmissão, e programas associados («Jornada» com 43,3% e «Antevisão» com 34,2%).

No que respeita aos programas informativos o principal serviço de notícias da TVI, o «Jornal Nacional», mantém mais de um milhão de consumidores diários (31,9% de share).

No acumulado anual a TVI está a obter um share de 34,2%, seguida da SIC com 29,9% e da RTP1, que ocupa a terceira posição com 29,7%.

Os títulos da Media Capital, que detém a TVI, seguem a cair 0,59% para os 6,75 euros. As acções da Impresa, dona da SIC, sobe 0,40% para os 2,52 euros.
Redação / MD