O criador da World Wide Web (WWW), Berners-Lee, assumiu que chegou a ser ludibriado numa compra pela Internet.

Em entrevista ao «The Sunday Telegraph», Berners-Lee explicou que comprou um presente numa loja online falsa, no período do Natal, e só se apercebeu que estava a cair num esquema quando o mesmo nunca foi entregue.

«Acredito que ainda vou receber o dinheiro, apesar de não ser muito», contou no mesmo jornal.

Berners-Lee pediu ainda que haja mais empenho no combate aos crimes informáticos tal como aos crimes convencionais.

O físico britânico lembrou que há coisas muito positivas na Internet, mas reconheceu que há assuntos sensíveis, ao ponto de se ter de avaliar que leis ainda se podem aplicar ao nível da Internet.
Redação / RPV