Manuel Guiomar foi suspenso de funções na Refer. O juiz ordenou esta quinta-feira a suspensão do funcionário, que é um dos 15 arguidos do processo «Face Oculta».

À entrada para o tribunal, a sua advogada, Poliana Pinto Ribeiro, afirmou que Manuel Guiomar está indiciado por «alegadamente ter movido algumas influências no âmbito de concursos deste processo».

Entre as medidas de coacção decididas pelo juiz de instrução António Costa Gomes conta-se, também, a proibição de contactos de Manuel Guiomar com outros arguidos do processo, ainda que por interposta pessoa.

O arguido foi ainda proibido de efectuar deslocações ao estrangeiro, sem autorização prévia da autoridade judicial, de acordo com um comunicado lido aos jornalistas pelo presidente da comarca do Baixo Vouga, desembargador Paulo Brandão.
Redação / JF