Figura do jogo: Ricardinho

Que jogo de Ricardinho. Foi dos homens mais desequilibradores do jogo. Foi fundamental no movimento atacante da equipa. Notou-se que fica confortável quando a equipa aposta no contra-ataque. Viu a sua exibição ser coroada com um golo fundamental para a vitória final.

Momento do jogo: Santa Clara «castiga» erro de Mbemba, minuto 65

O golo de Ricardinho foi crucial para o decurso do jogo. Numa altura em que o FC Porto tinha entrado forte para a segundo tempo, aquele golo mostrou que o primeiro tento dos açorianos não tinha sido fruto do acaso. O golo, além vantagem de dois golos, deu confiança aos açorianos e abalou a prestação dos portistas.

Outros destaques:

Taremi

Fez aquilo que os colegas não conseguiram: marcar. O que num jogo com tantas oportunidades falhadas não é de desvalorizar. Quando entrou, tornou-se a referência atacante que até ali faltou aos portistas.

Morita

É um dos grandes médios do futebol português. O nipónico não sabe jogar mal. Além de ser o principal responsável para construção de jogo da equipa, hoje até se tornou um eixo defensivo fundamental para guardar as redes açorianas.

Rui Pedro Paiva / Estádio de São Miguel, Açores