Ao contrário do que é habitual, o selecionador nacional, Fernando Santos, convocou apenas três defesas centrais para a Liga das Nações: José Fonte, Pepe e Rúben Dias.

Ora, Fonte compareceu esta quarta-feira diante dos jornalistas, em conferência de imprensa na Cidade do Futebol, e foi questionado precisamente sobre isso, com uma menção a Ferro, jovem jogador que esteve em destaque no Benfica, mas que não foi chamado pelo treinador das quinas.

«O treinador [Fernando Santos] escolheu trazer três centrais, e o Danilo também pode desempenhar essa função. O Ferro não está aqui, é um jogador de qualidade, fez uma boa época e terá naturalmente o seu tempo na Seleção se o selecionador assim o entender», começou por dizer.

«Cabe ao mister Fernando Santos decidir e ele decidiu-se pelo Pepe, pelo Rúben e por mim [Fonte] e acho que estamos bem servidos por agora. Vamos trabalhar para ajudar, como sempre, a nossa Seleção», prosseguiu.

De resto, e depois de um Mundial onde foi sempre titular, Fonte tem visto Rúben Dias «roubar-lhe» o lugar, mas acredita que pode voltar a fazer parte das escolhas iniciais de Fernando Santos: «Titularidade? Se não tivesse essa ambição e essa mentalidade não valia de nada estar aqui presente. Cabe ao treinador decidir quem joga, com quem começa, mas na Seleção é importante estar aqui para ajudar, umas vezes como titular outras como suplentes.»

«Estou preparado para ser titular, quero muito ser titular, acredito que posso, mas cabe ao mister [Fernando Santos] decidir. Estamos cá para aceitar e ajudar naquilo que for preciso», atirou.

Rafael Vaz / Cidade do Futebol, Oeiras