Presente na conferência de imprensa da Seleção Nacional, a primeira em solo húngaro, Danilo Pereira explicou esta manhã o que mudou na equipa das quinas desde que Fernando Santos se tornou selecionador.

O médio do PSG frisou a mudança de mentalidade que houve desde 2014, com os jogadores mais focados no coletivo.

«O foco foi sempre esse [o coletivo] desde que Fernando Santos está na Seleção, quis mudar um bocado aquilo que é o ego dos jogadores, o 'eu', e passou a ditar o 'nós'. Foi esse o paradigma que mudou mais na Seleção e o que nos levou a ganhar competições», afirmou.

«Isso não deve mudar. O que o mister mais diz é que para ganharmos campeonatos temos de pensar no grupo e toda a gente tem de sacrificar-se por esse lema», acrescentou.

Danilo comentou também a receção da véspera por parte da comunidade portuguesa. «Ficámos surpreendidos por haver um número significativo de adeptos à nossa espera e é sempre agradável saber que temos apoio, independentemente do país.»

Sérgio Pires / Enviado especial do Maisfutebol ao Euro 2020