Cristiano Ronaldo ainda não participou no treino que a Seleção Nacional cumpriu na manhã desta terça-feira, mas Nani antecipa a chegada de um capitão de sorriso nos lábios, depois da conquista de mais um título europeu.

«É lógico que é uma boa notícia. Estávamos todos a torcer pelos nossos portugueses. É sempre bom ter um companheiro de muito sucesso como ele. Transmite muita confiança e muita vontade. Acredito que, por ter conquistado mais um troféu, venha com muita alegria e com muita vontade de ajudar», referiu o jogador do Valência.

Titular (e capitão) frente a Chipre, ao lado de André Silva, Nani foi questionado se contava manter o lugar na Letónia, agora com Ronaldo na equação.

«O que me compete é trabalhar todos os dias, esperando sempre por uma oportunidade. O meu lugar não está garantido», respondeu.

Nani garantiu também que já se sente confortável a integrar a dupla de avançados, embora nos clubes esteja mais habituado a alinhar como extremo.

«Com os anos que tenho de profissão, os clubes por onde já passei, a experiência que já adquiri, a posição é uma questão de tempo. A informação é o mais importante. Quando recebes bem a informação do que o treinador quer, não há nenhum segredo. Hoje consigo fazer qualquer posição na frente», afiançou.

Nuno Travassos