Em maio, de acordo com os dados da CAEM/GfK, a TVI alcança 17.2% de share no all day, o que representa um valor sólido de crescimento de quase 20% em relação ao mês homólogo de 2020.

Relativamente aos lares com cabo, a TVI obtém 16.3%, menos -1.6pp do que o líder, e nos lares sem cabo obtém 23%, menos -13.1pp do que o líder.

No principal target comercial ABCD 15/54, a TVI alcança um share de 12.2%, um resultado 20% superior em comparação a maio do ano passado.

Entretenimento

O “All Together Now” obtém uma audiência média de 960 mil espectadores e o “Cristina ComVida” obtém 522 mil espectadores, em média.

Nas manhãs, o “Dois às 10” alcança 314 mil espectadores. A tarde, com “Goucha”, obtém uma audiência média de 362 mil indivíduos.

De salientar, também, os bons resultados dos programas emitidos nas tardes de sábado. “Conta-me” lidera na faixa com quase 540 mil espectadores e o “Em Família” alcança 430 mil espectadores, em média.

Ficção

O grande destaque deste mês na antena da TVI é “Festa é Festa”, que tem vindo a conquistar a preferência dos portugueses, com uma audiência média de 1 milhão e 162 mil espectadores.

No prime time, “Bem Me Quer”, regista uma audiência média de 1 milhão e 29 mil espectadores.

“Amar Demais” obtém 754 mil espectadores.

Informação

Os resultados alcançados pela Informação da TVI revelam uma clara tendência de crescimento e em muito contribuíram para o desfecho do mês de maio. O J1 obtém mais de meio milhão de espectadores e o J8 é o único bloco de informação a crescer à noite por comparação ao período homólogo de 2020. Estes dois espaços noticiosos têm, por conseguinte, vindo a gerar uma nova dinâmica na informação.

Desporto

A TVI transmitiu dois jogos de futebol, que foram os dois programas mais vistos na televisão portuguesa neste mês que agora terminou. A final da Taça de Portugal Placard obteve uma audiência média de 2,4 milhões de espectadores. A final da Liga dos Campeões alcançou 2 milhões de espectadores, em média.

Redação